MULHERES NA HISTÓRIA DA FILOSOFIA

E NA SALA DE AULA DO ENSINO MÉDIO

AUSÊNCIAS, EXPERIÊNCIAS E POSSIBILIDADES

Projeto de Extensão e Pesquisa, UEPB

Coordenação: Maria Simone Marinho Nogueira

mar.simonem@gmail.com

O objetivo maior do Projeto é dar visibilidade ao pensamento feito por mulheres na História da Filosofia, trabalhando, de forma adequada/adaptada, suas obras filosóficas nas salas de aula de Filosofia do Ensino Médio.

 

Como objetivos específicos, procura-se mostrar a presença das mulheres na História da Filosofia, em suas diversas escolas e períodos.

Construir, em sala de aula, um ambiente de isonomia e isegoria, tornando possível o despertar de alunos/as e de professores/as no Ensino Médio para o tema da mulher na Filosofia e o porquê de sua exclusão ao longo da História.

Ministrar, para os alunos e alunas de Filosofia da UEPB e de outras IESs, pequenos cursos de extensão sobre o pensamento feminino ao longo da História da Filosofia, buscando incentivá-los(as) a trabalhar este tema nos seus Estágios de Curso nas Escolas Públicas.

 

Por fim, o Projeto começou como uma extensão e agora, na sua fase final, transformou-se num Projeto de Pesquisa, uma vez que, para além da divulgação, compreensão e debate (em sala de aula) dos textos produzidos pelas mulheres ao longo da História da Filosofia, espera-se produzir um material didático, um livro, sobre as mulheres-filósofas, voltado para o Ensino Médio, com o objetivo de divulgar a filosofia produzida por elas, ajudando a desconstruir, desde cedo, o preconceito de que não há mulheres na Filosofia. Ao mesmo tempo, o produto didático deve servir como material auxiliar aos professores do Ensino Médio, como forma de estimulá-los a incluir nos seus programas de Filosofia as filósofas. A ideia é fazer um material simples, porém bem ilustrativo e didático das mulheres que fazem parte da História da Filosofia

 

Projetos já realizados pelo Principium que tiveram como foco as mulheres:

Pesquisa e Extensão (desde 2013)

  • A infelicidade é um desenraizamento da vida: a experiência do refugiado e o conceito de Malheur em Simone Weil.

  • A Mística e as Mulheres no Século XIX.

  • A Filosofia de Simone Weil: Uma Mística da Ação e da Contemplação.

  • Por uma Filosofia no Feminino: Um Resgate das Mulheres na História da Filosofia.

  • Marguerite Porete e Nicolau de Cusa: dois casos paradigmáticos da Mística especulativa na Filosofia Medieval.

  • Repercussões da Mística Feminina Medieval na Mística Renana: Marguerite Porete e Mestre Eckhart.

  • Mística feminina medieval: transgressão ou reescrita de uma paixão?

  • Uma nova incursão sobre a possibilidade do diálogo inter-religioso ou do diálogo com o diferente a partir da mística feminina na Idade Média.

  • Filosofando no feminino: uma trajetória das mulheres na Filosofia.

  • A filosofia e as mulheres: Ciclo de debates e atividades (Extensão).

  • Santas e Hereges: As Vozes Femininas na Filosofia Medieval (Extensão).
     

EQUIPE (de base) ATUAL:

Angélica Batista Barbosa

Arthur Leandro da Silva Marinho

Deisy Vilela Souza Silva 

Gilma Beatriz da Silva Renovato   

Mônica Lira Lima 

Neuma Antonia da Silva

Simone de Oliveira Barbosa

Thays de Sousa Diniz

Quer divulgar uma notícia sobre mulheres e filosofia? Escreva para noticias.filosofas@gmail.com

Dúvidas? Escreva para filosofas.brasil@gmail.com

©2019 por Rede Brasileira de Mulheres Filósofas