Dissertação de Mestrado sobre As Relações de Gênero na Filosofia


A pesquisa foi desenvolvida durante os anos de 2005-2006. Com base em narrativas de professoras de Filosofia, e na história de vida de mulheres que atuavam com Filosofia em Programas de pós-graduação no Rio Grande do Sul, a pesquisa problematizou as relações de gênero na Filosofia, dialogando com os estudos feministas e de histórias de mulheres, analisando o preconceito presente nas teorias e escritos de filósofos como Rousseau, Kant, Schopenhauer e Locke, apresentando não só uma análise de suas narrativas acerca das mulheres, mas o que estava sendo produzido sobre o tema "As mulheres e a Filosofia", escrita especialmente a partir de pesquisadoras e professoras no campo da filosofia, apresentando assim, o tema "As mulheres e a Filosofia" como um tema filosófico, confirmando a suspeita dos preconceitos vividos pelas mulheres que ensinam, pesquisam e atuam na Filosofia.

Trata de um trabalho pioneiro no Brasil, visto que ainda não tínhamos GTs na ANPOF que abordassem o tema, e ainda encontrávamos poucos trabalhos e publicações sobre o tema no Brasil.


Para conhecer o trabalho:


http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/handle/UNISINOS/1912/GrazielaRinaldiRosa.pdf?sequence=1&isAllowed=y

0 visualização

Quer divulgar uma notícia sobre mulheres e filosofia? Escreva para noticias.filosofas@gmail.com

Dúvidas? Escreva para filosofas.brasil@gmail.com

©2019 por Rede Brasileira de Mulheres Filósofas