Filósofas negras: juntas contra o preconceito acadêmico!





Para as mulheres negras como é filosofar e quais as reais possibilidades de serem identificadas como filósofas? Na história da Filosofia, a ausência de mulheres negras é intensa e profunda. A Filosofia, e a Filosofia produzida no Brasil, é expressa pela voz branca, hegemônica e androcêntrica, não somente no seu conteúdo epistêmico, mas na produção e reprodução deste conteúdo como referência “única” do que é Filosofia na academia. O lugar das mulheres negras não está dado, nem epistemicamente nem enquanto território a ser ocupado em ambientes de produção de conhecimento filosófico.


Tendo em vista estas questões, concebeu-se o Coletivo Filósofas Negras.


Filósofas Negras é um coletivo em formação. A proposta é mapear e reunir filósofas negras de todo o Brasil para a troca de experiências e formulação de ações coletivas com o intuito de dar visibilidade e reconhecer os desafios e a importância da contribuição de filósofas negras para o pensamento brasileiro em diferentes áreas da Filosofia e das Ciências Humanas.


Se você é negra, graduanda, mestranda ou doutoranda em Filosofia, ou ainda professora de Filosofia, preencha o formulário em www.filosofas.org/negras e conecte-se. No início de 2021, iniciaremos as ações.


A coordenação desse coletivo é da Profa. Dra. Halina Leal


#filosofasnegras

#redebrasileirademulheresfilosofas

#filosofasbrasil

#filosofasOrg


170 visualizações