Revista Seiscentos: Gênero, Feminismos e Filósofas do século XVII

É com alegria que tornamos público o volume inaugural da Revista Seiscentos, cujo eixo temático é Gênero, Feminismos e Filósofas do Século XVII!


A Seiscentos é publicação eletrônica vinculada ao Programa de Pós-Graduação Lógica e Metafísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trata-se de uma revista de filosofia que pretende abrigar artigos, resenhas e traduções de temas, autoras e autores relacionados ao século XVII, além de interpretações contemporâneas dos mesmos. O periódico nasce do desejo de criar um espaço de divulgação para pesquisas que examinem a história da filosofia seiscentista com originalidade e rigor. Nasce também de uma postura ético-política de resistência aos universalismos e evidências perpetrados pelo cânone filosófico.


Seu primeiro volume possui uma seção temática dedicada às mulheres na filosofia do século XVII e a debates de feminismo e gênero correlatos, bem como uma seção geral com artigos de pesquisadoras e pesquisadores brasileiros e estrangeiros que versam sobre discussões caras ao período histórico. Insere-se, portanto, num movimento mais amplo de resgate de pensamentos que sempre se fizeram presentes no horizonte filosófico, mas que foram silenciados pela imposição patriarcal.


O volume completo pode ser acessado no link:

https://revistas.ufrj.br/index.../seiscentos/issue/view/1813


SUMÁRIO


Editorial


Artigos Temáticos


Poulain de la Barre's Socializing of the Cartesian Mind

Lisa Shapiro


Autoridade, paixão e a igualdade dos sexos em Poulain de la Barre

Sacha Zilber Kontic


Sobre Lady Masham e alguns pensamentos ocasionais sobre o cânone em filosofia moderna

Tessa Moura Lacerda


Le Philosophe, les Dames, des Lignes et des Angles

David Rabouin


O que Elisabeth da Bohemia perguntou a Descartes? Uma proposta de leitura da carta que inaugura a Correspondência

Katarina Ribeiro Peixoto


Puissance et pouvoir de la parole. Judith Butler au prisme de l’anthropologie spinoziste du langage

Céline Hervet


Tradução


Cartas Filosóficas (Cartas XXX e XXXI)

Margaret Cavendish


Seção Geral


Pascal, da reflexão geométrica à experiência do infinito

Luís César Guimarães Oliva


Latência e servidão voluntária: A oposição radical entre Espinosa e La Boétie

Bruno Albarelli


Spinoza’s argument for substance monism

Jack Stetter


Figurações proféticas e sínteses místicas: ensaio de mitografia em uma teologia política do seiscentos

Fabiano Lemos e Ulysses Pinheiro


Boa leitura!


49 visualizações

Posts recentes

Ver tudo