top of page

V Encontro do GT de Filosofia e Gênero da ANPOF

Repensando a violência na filosofia: gênero, política e ressignificação



De 06 a 09 de novembro de 2023 acontecerá na Universidade Estadual do Piauí, no Campus de Parnaíba, o V Encontro Nacional do GT de Filosofia e Gênero da ANPOF.


O tema deste ano: “Repensando a violência na filosofia: gênero, política e ressignificação” foi construído a partir de discussão coletiva acerca dos diagnósticos compartilhados sobre a miríade de violências que habitam o lócus filosófico, a instituição filosófica acadêmica, que refletem e são refletidas pelos espaços sociais e políticos da realidade brasileira. É urgente, aliás, discutir a violência exacerbada e crescente dos últimos anos que incide de modo mais incisivo sobre a população mais vulnerável do país e que, não à toa, segue impossibilitada de participar desse debate.


Partindo do pressuposto de que a violência possui tanto uma dimensão material quanto simbólica, a atribuição de suas causas se revela em maior complexidade do que a percepção em um primeiro exame superficial. A imbricação entre ambas as esferas permite, por exemplo, identificar a vigência de violência epistêmica e moral que atravessa e constitui a produção do conhecimento, bem como as relações de produção ao longo de sua institucionalização. Tal imbricação material-simbólica se mostra, ainda, produtora da escalada de violência nas diversas instâncias da vida social nos últimos anos.


Ainda que os modos de violência que atingem a população brasileira e a produção e disseminação do conhecimento sejam diversos e abrangentes, envolvendo diferentes áreas do pensamento, e necessitando de cada vez mais vozes e corpos ativos envolvidos, esta edição do GT se concentrará na natureza incontornável de algumas de suas facetas. O encontro visará pensar sobretudo os desdobramentos sentidos e vividos desde dentro da filosofia e do discurso filosófico em direção aos corpos efetivamente afetados pelas mais diversas formas de violência.


O debate filosófico sobre tal temática é de extrema importância para que possamos ter uma perspectiva de abertura para um outro tipo de realidade social e de prática filosófica. Ao longo da história da filosofia, o discurso predominante, bem como as discussões que se tornaram relevantes, de certa forma, excluíram alguns pressupostos que neste V Encontro pretendemos colocar em diálogo e evidência, buscando romper com o predomínio da narrativa branca, masculinista e cisheterocentrada que ainda hoje regula os discursos e práticas filosóficas brasileiras.










191 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page