Verbete: Feminismo negro e a crítica à cultura brasileira

O rico verbete escrito por Alice Lino tem como fio os conceitos de cultura, identidade e estereótipo a fim de trazer à tona tanto os prejuízos causados pelas recorrentes representações insuficientes e equivocadas das mulheres negras no meio social, quanto à resistência expressa por meio das nomeadas entidades culturais de massa. Para o desenvolvimento do tema, são visitados escritores e intelectuais negros tais como Beatriz Nascimento, Lélia Gonzalez, Neusa Santos e Sueli Carneiro, que estarão em diálogo com Abdias do Nascimento, Stuart Hall e Kabengele Munanga, com especial atenção às abordagens críticas da cultura elaboradas pelo pensamento feminista negro no Brasil.


Ao falar sobre arte e cultura, fala-se também sobre igualdade nas relações sociais através de representação. Não perca! O verbete pode ser lido na íntegra em nosso blog.


https://www.blogs.unicamp.br/mulheresnafilosofia/feminismo-negro-e-a-critica-a-cultura-brasileira/


#mulheresnafilosofia #feminismonegro #feminismos #leliagonzalez


20 visualizações