Verbete: Lélia Gonzalez

“Lélia Gonzalez é referência para diversos coletivos antirracistas e organizações feministas no Brasil, porém seu pensamento é ainda pouco explorado na academia. Para as novas gerações, Gonzalez tornou-se ícone do feminismo negro brasileiro, sendo cada vez mais influente na América Latina e nos EUA, e recém-descoberta pelo feminismo europeu, especialmente o francês”.


É com imensa alegria que anunciamos a publicação do verbete “Lélia Gonzales” escrito por Flavia Rios especialmente para o Blog Mulheres na Filosofia. A autora nos conduz pela trajetória militante e intelectual de Gonzalez através dos seus principais textos, escritos entre o final dos anos 1970 e o término precoce da sua vida, em 1994.


Para saber mais sobre as reflexões de Lélia Gonzales acerca da posição social das mulheres negras brasileiras; sobre o “pretuguês” e a categoria “amefricanidade”; assim como sobre o crescente interesse pela obra dessa brasileira extraordinária – que a academia tarda em reconhecer – leia “Lélia Gonzales” de Flavia Rios, disponível aqui.


Veja também a entrevista feita por Yara Frateschi com Flavia Rios, nesse link.



Flávia Rios é professora da Universidade Federal Fluminense (PPGS/UFF) e pesquisadora do Afro/CEBRAP.


61 visualizações