AS PENSADORAS – 2ª EDIÇÃO

APRESENTAÇÃO DO CURSO 


Para a segunda edição do curso As Pensadoras, escolhemos algumas intelectuais dos séculos XIX e XX que trazem, no centro de suas reflexões, o conceito de liberdade. Com discussões pautadas na Filosofia, História, Teoria Política e Educação, essas pensadoras contribuíram para o aprofundamento de questões políticas, éticas e educacionais em meio à luta pela igualdade de gênero. De uma maneira geral, o curso também pretende discutir qual o papel preponderante das ideologias feministas desse período, o que pontuaram e de como os feminismos se colocam como questão, ou questões para se construir.  Também pretende-se  discutir os  pressupostos teóricos dos pensamentos das autoras dentro de sua realidade social e quais os principais pontos em que avançaram, considerando o seu tempo histórico.


Coordenação: Dra. Rita Machado (UEA) 

Mediação: Dra. Rita Machado (UEA)/Carla Ávila (UCPel)


Corpo Docente: Dra. Loiane Prado Verbicaro (UFPA); Dra. Cecília Pires (GT Et/Cid ANPOF);Dra. Rita Machado (UEA) ;  Dra. Alice de Carvalho Lino Lecci (UFR) e Dra. Viviane Bagiotto Botton (UERJ); Ma. Beatrís da Silva Seus ( UFPEL).


Início:

15 de Setembro TURMA 1;

17 de Setembro TURMA 2;

19 de Setembro TURMA 3.


Datas e horários:

TURMA 1* - Terças-feiras: das 18h30min às 20h30min.

TURMA 2** - Quintas-feiras: das 8h30min às 10h30min.

TURMA 3*** - Sábados: das 16h30min às 18h30min.


Aulas com 2h de duração, podendo exceder 15 minutos;

Intervalo de 15 min, se a professora desejar.


Nível : básico, intermediário.


Inscrição PELO FORMULÁRIO (PREENCHER): https://forms.gle/jrH3vpH1hATcWyz29

(ao final do preenchimento solicitar enviar uma cópia do formulário para seu e-mail clicando em: enviar uma cópia para meu e-mail).

Informações pelo e-mail: pensadoras.online@gmail.com


Realização: Escola As Pensadoras

Plataforma: Google Meets. Recomenda-se usar um e-mail do Gmail para acompanhar as aulas. 


Certificação: 20 horas, pela AS PENSADORAS - em 30 dias após o término do curso.


CRONOGRAMAS

TURMA 1*

Terças feiras das 18h30min às 20h30.

15/09 - Aula Inaugural - Neoliberalismo e a política antidemocrática no Ocidente a partir do pensamento de Wendy Brown - Dra. Loiane Prado Verbicaro (UFPA)/ Dra.Rita de Cássia Fraga Machado (UEA);

22/09 - Aula 1 - Hannah Arendt - Dra. Cecília Pires (GT Ética e Política da ANPOF);

29/09 - Aula 2 - Simone de Beauvoir – Ma. Beatrís da Silva Seus ( UFPEL)

06/10 - Aula 3 - Nísia Floresta -Dra. Rita Machado (UEA)

13/10 - Aula 4 – Angela Davis - Dra. Alice de Carvalho Lino Lecci (UFR)

20/10 - Aula 5 - Maria Lugones - Dra. Viviane Bagiotto Botton (UERJ)


TURMA 2**

Quintas-feiras das 8h30mim às 10h30.

17/09 - Aula Inaugural - Neoliberalismo e a política antidemocrática no Ocidente a partir do pensamento de Wendy Brown - Dra. Loiane Prado Verbicaro (UFPA)/ Dra. Rita de Cássia Fraga Machado (UEA);

24/09 - Aula 1 - Hannah Arendt - Dra. Cecília Pires (GT Ética e Política da ANPOF);

01/10 - Aula 2 -  Simone de Beauvoir – Ma. Beatrís da Silva Seus ( UFPEL)

08/10 - Aula 3 - Nísia Floresta - Dra. Rita Machado (UEA);

15/10 - Aula 4 - Angela Davis - Dra. Alice de Carvalho Lino Lecci (UFR)

22/10 - Aula 5 – Maria Lugones - Viviane Bagiotto Botton (UERJ)


TURMA 3***

Sábados - 16h30min às 18h30min

19/09 - Aula Inaugural - Neoliberalismo e a política antidemocrática no Ocidente a partir do pensamento de Wendy Brown - Dra. Loiane Prado Verbicaro (UFPA)/ Dra. Rita de Cássia Fraga Machado (UEA);

26/09 - Aula 1 - Hannah Arendt - Dra. Cecília Pires (GT Ética e Política da ANPOF);

03/10 - Aula 2 -  Simone de Beauvoir – Ma. Beatrís da Silva Seus ( UFPEL)

10/10 - Aula 3 - Nísia Floresta -Dra. Rita Machado (UEA);

17/10 - Aula 4 - Angela Davis - Dra. Alice de Carvalho Lino Lecci (UFR)

24/10 - Aula 5 – Maria Lugones - Viviane Bagiotto Botton (UERJ)


PLANOS DE AULAS SERÃO ENVIADOS NA HOMOLOGAÇÃO DA INSCRIÇÃO.


REFERÊNCIAS

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. Trad. Roberto Raposo. Rio de Janeiro:

Forense-Universitária, 1981.

______. Crises da República. Trad. José Wolkmann. São Paulo: Perspectiva, 2006

______. Sobre a Violência. Trad. André Macedo Duarte. Rio de Janeiro: Civilização

Brasileira, 2010.

BEAUVOIR, Simone. Por uma moral da ambiguidade seguido de Pirro e Cinéias.

Tradução de Marcelo Jacques de Moraes. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.

_______. Moral da ambiguidade. Tradução de Anamaria de Vasconcellos. Rio de

Janeiro: Editora Paz e Terra, 1970.

_______. O segundo sexo. Tradução de Sérgio Milliet. 2ª ed. Rio de Janeiro: Nova

Fronteira, 2009.

SEUS, Beatrís. Simone de Beauvoir e a libertação da mulher: do existencialismo

sartriano à moral da ambiguidade. Porto Alegre: Editora Fi, 2019.

SILVÉRIO DE ALMEIDA, Cleide Rita y, DAL MAS DIAS, Elaine Teresinha (2009).

«Nísia Floresta: O Conhecimento Como Fonte de Emancipação e a Formação da

Cidadania Feminina» (PDF). Revista Historia de la Educación

Pinheiro Dias, Luma (2017). «Nísia Floresta e a escrita em defesa da educação

feminina nos oitocentos» (PDF). Universidade Federal do Piauí. Consultado em 14 de

novembro de 2018

DAVIS, Angela. Mulheres, raça e classe. São Paulo: Boitempo Editorial, 2016.

_________. Mulheres, cultura e política. São Paulo: Boitempo Editorial, 2017.

_________. A liberdade é uma luta constante. São Paulo: Boitempo Editorial, 2018.

LUGONES, Maria, “Colonialidad y Género”, In: Tábula Rasa. Bogotá - Colombia, No.9:

73-101, julio-diciembre 2008/ http://www.scielo.org.co/pdf/tara/n9/n9a06.pdf

______ Pilgrimages/Peregrinajes: Theorizing Coalitions Against Multiple Oppressions.

Lanham, Rowman & Littlefield, 2003

______ “Colonialidad y gênero, hacia un feminismo decolonial” In: Género y

descolonialidad /Walter Mignolo ... [et.al.]- 2a ed. - Ciudad Autónoma de Buenos Aires

: Del Signo, 2014.


QUEM SOMOS: 


DRA. LOIANE PRADO VERBICARO (UFPA) 

É professora da Faculdade de Filosofia e do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal do Pará - UFPA. Doutora em Filosofia do Direito pela Universidade de Salamanca - USAL (2014). Mestra em Direitos Fundamentais e Relações Sociais pela Universidade Federal do Pará - UFPA (2006), com período de estudo na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo - USP. Mestra em Ciência Política pela Universidade Federal do Pará - UFPA (2011). Graduada em Direito pela Universidade Federal do Pará - suma cum laude - UFPA (2004). Graduada em Filosofia (Bacharelado) pela Universidade Federal do Pará - UFPA (2019). Membro da Comissão Assessora da Área do Direito (ENADE), no triênio 2018-2020. Diretora Regional Norte da Associação Brasileira de Ensino Jurídico - ABEDI, no triênio 2018-2020. Avaliadora do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. Foi Coordenadora do Curso de Direito, Professora do Programa de Mestrado e da Graduação em Direito do Centro Universitário do Pará - CESUPA. Integrante da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas. Integrante do GT Filosofia e Gênero da ANPOF. Líder do Grupo de Pesquisa - CNPq: Filosofia Prática: Investigações em Política, Ética e Direito. Autora do livro "Judicialização da Política, Ativismo e Discricionariedade Judicial". Tem experiência na área de Filosofia, Direito e Ciência Política, com ênfase em Filosofia Política, Ética, Filosofia do Direito, Direitos Humanos.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4100200759767576



DRA. CECÍLIA PIRES (GT ET/CID ANPOF)

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1969), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1975), na área de Filosofia Contemporânea e doutorado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), na área de Filosofia Social. Foi Professora na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Membro do GT/ANPOF Ética e Cidadania. Realizou estágio de pós-doutorado, na área de Filosofia Política em Paris I - Sorbonne (2000-2001). Atuou como Professora Titular na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), de 1996 a 2012, realizando pesquisa na área de Filosofia Política com ênfase em Ética, no eixo dos temas poder e subjetividade. Atualmente, presta consultoria na área de Filosofia Política e Ética. Foi Professora e Pesquisadora na área de Filosofia Política no Programa de Pós-Graduação em Direito, na Escola de Direito da Faculdade Meridional (IMED-Passo Fundo), de abril de 2013 a julho de 2017. 

Lattes: http://lattes.cnpq.br/8006360058565136


DRA. ALICE DE CARVALHO LINO LECCI (UFR)

Atualmente, é Professora Adjunta no Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Rondonópolis; Doutora em Estética Contemporânea (2015) pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade de São Paulo; Mestre em Estética e Filosofia da Arte (2008) pelo Instituto de Filosofia, Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto, Bacharel e Licenciada em Filosofia (2006) pela Universidade Federal de Ouro Preto.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6166938001473226


Dra. VIVIANE BAGIOTTO BOTTON (UERJ)

É pesquisadora de pós-doutorado em filosofia na UERJ onde desenvolve uma pesquisa sobre o diagnóstico da Histeria no Brasil da perspectiva das relações entre loucura, mulheres e ciências médicas nacionais. Defendeu o doutorado na UNAM- Universidade Nacional Autónoma do México, no fina de 2015, tendo também realizado um intercâmbio com a Universidade ParisXII e Paris I por 1 ano. Neste trabalho estudou a questão do Corpo e da Subjetividade no pensamento de Michel Foucault e disso passou a dedicar-se aos estudos sobre gênero e poder, primeiramente pelas questões decorrentes da tese, mas também pela experiência e proximidade com as escritoras latino-americanas e em especial a mexicana e a chicana. Isto convergiu com a entrada ao grupo Anamorfoses de filosofia latinoamericana e decolonial que passou a integrar quando foi professora substituta na PUC-SP em 2016 e 2017. Viviane também é integrante do grupo de estudos Michel Foucault da PUC-SP; do laboratório "filosofias do tempo do agora" (UFRJ); e é uma das fundadoras e coordenadora do núcleo de estudos sobre histeria, (parceiro do PPGF/UFRJ) e que se associa a sua atual pesquisa.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6607821831919427


Doutoranda. BEATRÍS DA SILVA SEUS (UFPel)

Beatris Seus é formada em Filosofia - Licenciatura pela Universidade Federal de Pelotas (2016), sendo também Mestre em Filosofia Moral e Polítca, no qual foi bolsista CAPES, na mesma instituição (2017). Atualmente cursa Doutorado na UFPel, defendendo a Tese intitulada "Simone de Beauvoir e a superação do Niilismo: Fundamentação de um Princípio Moral Universalizável". Seus estudos concentram-se na Filosofia Moderna e Contemporânea, com ênfase em Ética, Ontologia, Fenomenologia e Existencialismo; estendendo-se à pesquisa sobre a filosofia kantiana, schopenhaueriana e nietzschiana. Professora Formadora junto ao Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância da UFPel no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB), e Professora de Filosofia e Sociologia no centro educacional presencial e EaD Uni Colégio. Autora da obra "Simone de Beauvoir e a libertação da mulher: do existencialismo sartriano à moral da ambiguidade", fruto de sua dissertação de mestrado.

LINK DO LATTES: http://lattes.cnpq.br/8373603127275109

___________________________


Coordenação:

Dra. Rita de cássia Fraga Machado (UEA)

Professora Adjunta na Universidade do Estado do Amazonas - UEA. Pós-Doutora pelo Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Bolsista PNPD/CAPES. Doutora em Educação pelo Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS na linha de pesquisa Trabalho, Movimentos Sociais e Educação. Foi professora substituta entre 2010-2012. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Especialista em Metodologia do Ensino de Filosofia pela UNISINOS. É licenciada e Bacharel em Filosofia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos- UNISINOS. Representante na área de ciência humanas e sociais da Câmaras de Assessoramento Científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas-FAPEAM. Líder do Grupo de Pesquisa_CNPq- Feminismo, Trabalho e Participação Popular e Comunitária. Seus interesses de pesquisa atualmente compreende as problemáticas de Mulheres como: Trabalho, Movimentos Sociais Populares, Feminismos e Epistemologia Feminista.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/8882999172098781



*Essa ementa é de propriedade intelectual d'As Pensadoras.




7,470 visualizações

Quer divulgar uma notícia sobre mulheres e filosofia? Escreva para noticias.filosofas@gmail.com

Dúvidas? Escreva para filosofas.brasil@gmail.com

©2019 por Rede Brasileira de Mulheres Filósofas