©2019 por Rede Brasileira de Mulheres Filósofas

PROJETOS

Conheça os trabalhos brasileiros sobre filosofia e mulheres

GT FILOSOFIA E GÊNERO

ANPOF

O objetivo da criação deste GT é preencher uma lacuna fundamental na história da filosofia: a produção de uma filosofia feminista no campo filosófico

GT MULHERES NA HISTÓRIA DA FILOSOFIA 

ANPOF

O grupo de trabalho Mulheres na História da Filosofia investiga as obras filosóficas

escritas por mulheres ao longo dos diversos períodos da história. O grupo procurará

estimular o estudo das obras de autoria feminina dando atenção aos seus diferentes estilos

e modos de engajamento com os temas tradicionais da filosofia.

GT EDITH STEIN E O CÍRCULO DE GOTINGA

ANPOF

O GT reúne os interessados pelo pensamento de Edith Stein e/ou dos membros daquele que ficou conhecido como Círculo de Gotinga

RED DE MUJERES FILÓSOFAS DE AMÉRICA LATINA

UNESCO

A Rede de Mulheres Filósofas da América Latina da UNESCO é um espaço de vinculação para intercâmbio e visibilidade da produção de um heterogêneo coletivo filosófico feminino, a nivel nacional, regional e internacional.

PRO MEMORIA DAS FILÓSOFAS

UNB

O projeto de pesquisa, ensino e extensão investiga a presença e ausência de pensadoras nas diversas histórias da filosofia, considerando as mulheres como sujeitos de conhecimento, desdobrando-se em subprojetos específicos em torno de Hannah Arendt, María Zambrano e Christine de Pizan  

CHRISTINE DE PIZAN E OS PREÂMBULOS DA QUERELLE DES FEMMES

UFRGS

O presente projeto pretende analisar a importância da obra da escritora e filósofa medieval Christine de Pizan. Propomos fazê-lo inserindo-a no recorte histórico da Querelle des Femmes, etiqueta sob a qual são estudados os primeiros debates teóricos sobre o papel social da mulher na Europa. 

JUDITH BUTLER: DO GÊNERO À CRITICA DA VIOLÊNCIA DO ESTADO

UFRJ

Esse projeto de pesquisa é a continuação da minha trajetória como pesquisadora em filosofia contemporânea e sua intersecção com a temática de gênero que, por transversal, ainda tem pouca visibilidade no campo filosófico.

HANNAH ARENDT CRÍTICA DE MARX

UNICAMP

O presente projeto de pesquisa pretende retomar as reflexões de H. Arendt sobre Marx e o marxismo, a partir dos textos dispersos que ela publicou em suas principais obras, com especial atenção à sua crítica da teoria das classes, do materialismo e da filosofia da história.

TEORIA CRÍTICA, ESTÉTICA E GÊNERO

UFG

Este projeto tem em vista o texto entre teorias de gênero contemporâneas, estética e teoria crítica. Os autores estudados pertencem à tradição da teoria crítica, com realce às preocupações de ordem estética, ética e política

MULHERES NA FILOSOFIA

UFMS

A proposta de um projeto de extensão acerca do tema 'Mulheres na Filosofia' visa, antes do mais, colmatar uma lacuna grave na forma como os cursos de Filosofia (de graduação e pós-graduação) estão estruturados.

LABORATÓRIO ANTÍGONA DE FILOSOFIA E GÊNERO

UFRJ

Criado em 2015 com o propósito de atender às demandas de pesquisa sobre as conexões entre sexo, gênero, política, imagem, identidade e subjetividade, que se mantêm como subtextos no universo das pesquisas filosóficas.

CONHECIMENTO, GÊNERO E SUBJETIVIDADE A PARTIR DA FILOSOFIA FRANCESA NO SÉC. XX

UNIFESP

Seguindo a trilha epistemológica e conceitual aberta pela filosofia existencialista de Simone de Beauvoir, a pesquisa visa as relações intrinsecamente estabelecidas entre a constituição de uma subjetividade e a de um gênero.

TEORIA CRÍTICA, ESTÉTICA E GÊNERO

UFG

Este projeto tem em vista o texto entre teorias de gênero contemporâneas, estética e teoria crítica. Os autores estudados pertencem à tradição da teoria crítica, com realce às preocupações de ordem estética, ética e política

MULHERES NA FILOSOFIA

UFMS

A proposta de um projeto de extensão acerca do tema 'Mulheres na Filosofia' visa, antes do mais, colmatar uma lacuna grave na forma como os cursos de Filosofia (de graduação e pós-graduação) estão estruturados.

LABORATÓRIO ANTÍGONA DE FILOSOFIA E GÊNERO

UFRJ

Criado em 2015 com o propósito de atender às demandas de pesquisa sobre as conexões entre sexo, gênero, política, imagem, identidade e subjetividade, que se mantêm como subtextos no universo das pesquisas filosóficas.

CONHECIMENTO, GÊNERO E SUBJETIVIDADE A PARTIR DA FILOSOFIA FRANCESA NO SÉC. XX

UNIFESP

Seguindo a trilha epistemológica e conceitual aberta pela filosofia existencialista de Simone de Beauvoir, a pesquisa visa as relações intrinsecamente estabelecidas entre a constituição de uma subjetividade e a de um gênero.

DOSSIÊ FILÓSOFAS

Colégio Pedro II

Este trabalho é um recorte no interior da pesquisa intitulada “Dossiê filósofas” que tem como foco investigar a presença de mulheres filósofas ao longo da história da filosofia.

A POSSIBILIDADE DO ECOFEMINISMO NO OESTE DA BAHIA

UFOB

O ecofeminismo é uma corrente associada à filosofia feminista que busca esclarecer as interconexões entre as diferentes formas de opressão na sociedade. Para tanto, parte da posição de que tanto a exploração das mulheres quanto a da natureza estão associadas à visão hierárquico-dualista de mundo, sustentada no contexto da sociedade patriarcal. 

EPISTEMOLOGIA NÃO UNIVERSALISTA E INTERSECCIONALIDADE COMO BASES DO FEMINISMO NEGRO

FURB

Este projeto examina e discute a inseparabilidade estrutural entre patriarcado, sexismo, racismo e suas articulações que implicam em múltiplas situações de opressão sofridas pelas mulheres negras. Interessa a análise do Feminismo Negro enquanto fundamentado na negação da epistemologia moderna universalista e da perspectiva analítica sobre apenas um eixo de opressão.

A FILOSOFIA E SEUS DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS INTERSECCIONAIS (GÊNERO, CLASSE, DEFICIÊNCIA)

UFSC

O projeto viabiliza a realização de minicursos voltados às discussões sobre feminismo, gênero, classe, raça, deficiência e reconhecimento.

QUANTAS FILÓSOFAS?

UFRJ

Projeto de extensão que vincula o levantamento numérico do número de filósofas no Brasil com ações na graduação para produção de verbetes informativos sobre filósofas.

A FILOSOFIA FEMINISTA DO SÉC. XX: UMA ANÁLISE CRÍTICA

UEAP

Este estudo tem por objetivo analisar se as diversas teorias filosóficas feministas e/ou de gênero, de objeto ético e filosófico-político, enquadram-se dentro desse enfoque proposto por Fraser

PÁRIAS E ASSIMILADAS, EXCLUÍDAS E ABJETAS

UFG

Trata-se de investigar o alcance político da crítica de Hannah Arendt aos problemas teóricos enfrentados pelo feminismo contemporâneo 

AS MULHERES NA HISTÓRIA DA FILOSOFIA E NA SALA DE AULA DO ENSINO MÉDIO

UEPB

O objetivo geral é dar visibilidade ao pensamento feito por mulheres na oHistria da Filosofia, trabalhando, de forma adequada/adaptada, suas obras filosóficas nas salas de aula de Filosofia do Ensino Médio.

MOVIMENTOS SOCIAIS, FEMINISMO E FILOSOFIA PRAGMATISTA

PUC-Goiás

Compreender à luz do pragmatismo o papel e as organizações sociais tendo em vista suas especificidades de gênero.

TOLERÂNCIA E AMIZADE: FUNDAMENTOS POLÍTICOS E FILOSÓFICOS NO PENSAMENTO DE HANNAH ARENDT

UNB

A intenção da pesquisa é realizar uma abordagem histórico-filosófica da noção de tolerância, com o objetivo de investigar e compreender a recusa por parte de Hannah Arendt deste conceito.

GÊNERO E CIÊNCIA: ESTUDOS DE FILOSOFIA, HISTÓRIA E ENSINO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS

UNIR

 Por meio da fundamentação teórica em filosofia e história da ciência, bem como da teoria crítica feminista ao pensamento científico do século XX, nossa pesquisa visa identificar os principais pontos de reflexão que emanam da relação conceitual entre gênero e ciência.

OS OUTROS CLÁSSICOS DA FILOSOFIA MODERNA: INVESTIGAÇÕES SOBRE AS OBRAS ESCRITAS POR MULHERES

UFRJ

O projeto procura alcançar dois grandes objetivos: realizar pesquisa sobre os textos filosóficos escritos por mulheres no século XVII e os problemas que surgem do resgate destas obras, e capacitar alunos para estudar este conteúdo e conduzir pesquisa a partir da metodologia analítica em história da filosofia

MULHERES NAS FONTES PEDAGÓGICAS LATINO-AMERICANAS

A PRESENÇA DE MULHER NA FILOSOFIA

UEL

 Questionam-se as razões da restrita presença do sexo feminino na filosofia e o desconhecimento da contribuição de inúmeras mulheres à filosofia ao longo da história da filosofia.

SUBJETIVIDADE E ALTERIDADE NO PENSAMENTO DE EDITH STEIN

UFC

Este projeto tem como objetivo contribuir para um melhor conhecimento da antropologia fenomenológica de Edith Stein, identificando as suas contribuições originais dentro do movimento fenomenológico e em comparação com alguns outros autores, como Husserl, Scheler e Heidegger

DAS DEUSAS

UFPE

Pensar filosoficamente as deusas é um modo de tentar resgatar as mulheres para a filosofia.O projeto busca ampliar o escopo de pesquisa, abarcando figuras míticas das mais diversas tradições, num esforço descolonizador.

SIMONEWEIL.COM.BR

UFMG

Site dedicado à divulgação do pensamento de Simone Weil.

PARTHOS

UFES

Este projeto visa à elaboração de uma pesquisa-ação sobre o tema da distinção alma e corpo e sua relação com as paixões que afetam as mulheres durante o período perinatal. 

GRUPO DE ESCRITA DE MULHERES NA FILOSOFIA

UFMT

O GEMF propõe combater a disparidade entre o número de mulheres na filosofia em relação aos homens, criando um espaço para a discussão de ideias e trabalhos de acadêmicas da área de filosofia, com o intuito de promover o debate e o desenvolvimento das pesquisas discutidas.

PODER E LIBERBADE NA CONSTITUIÇÃO DE SI: FOUCAULT E BUTLER

UFBA

O problema filosófico a ser abordado é o seguinte: se a constituição de si se realiza a partir de relações de si consigo mesmo e com o outro, que são, por sua vez, relações de poder, então é possível exercer a liberdade na constituição de si mesmo. 

FEMINISMOS ANIMISTAS E INUMANISTAS

UNB

O projeto pretende examinar a fricção entre dois tipos de feminismos a partir de variáveis cosmopolíticas - a influência transversal destes projetos sobre o habitat dos existentes - e de questões associadas a disputas feministas estabelecidas, como por exemplo em torno da diferença sexual. 

UMA FILÓSOFA POR MÊS

UFSC

O projeto tem por objetivo a produção e veiculação mensal de textos e atividades culturais sobre filósofas (na forma de palestras, minicursos, saraus literários, etc.)

EPISTEMOLOGIAS, NARRATIVAS E POLÍTICAS AFETIVAS FEMINISTAS

PUC-RS

O pensamento de Donna Haraway tem apontado caminhos pouco convencionais, mesmo dentro do debate feminista e, portanto, se apresenta como um fio condutor capaz de ampliar e abarcar diferentes narrativas para a construção do que nomeio arquivos sensíveis. 

A QUESTÃO DE GÊNERO NA HISTÓRIA DA FILOSOFIA

UFES

O projeto pretende colocar a questão de gênero em discussão dentro da história da filosofia.

NIETZSCHE E AS MULHERES

UFG

O objetivo deste projeto de pesquisa é investigar como Nietzsche analisou a noção de "mulher" desde a pretensão de desconstrução da autoridade do gênero, já denunciando o problema das célebres dicotomias "homem" e mulher".

ELISABETH DA BOHEMIA: INTENCIONALIDADE E RESPONSABILIDADE NO CARTESIANISMO

UERJ

Projeto de pesquisa sobre a filosofia de Elisabeth da Bohemia, uma das interlocutoras de René Descartes.

COMPARAÇÕES ENTRE AS CONCEPÇÕES FEMINISTAS LIBERAIS E NÃO LIBERAIS

UFRN

Se as concepções liberais de feminismo como a de John Stuart Mill partem da noção de indivíduo, de uma natureza humana para compreender a sociedade, incluindo a questão das mulheres, noções não liberais como a de Angela Davis tentam compreender o tema mulheres a partir de uma construção social, sem uma noção de natureza previamente definida.

AS TRANSFORMAÇÕES DA FILOSOFIA MORAL À LUZ DA TEORIA FEMINISTA

UFSM

O objetivo do projeto é investigar as origens das reflexões da teoria feminista sobre o campo da filosofia moral e seus principais desdobramentos.

O DESENVOLVIMENTO DA EPISTEMOLOGIA FEMINISTA E SUAS RESSONÂNCIAS NAS PRODUÇÕES ACADÊMICAS BRASILEIRAS

UPF

O presente trabalho tem por objetivo uma análise do estado da arte das publicações em Epistemologia Feminista no Brasil, analisando quais atores são negligenciados no processo de produção do conhecimento, mesmo quando se visa a consideração de grupos minoritários, tal como a Epistemologia feminista o faz.

TEORIA CRÍTICA, ESTÉTICA E GÊNERO

UFG

Este projeto tem em vista o texto entre teorias de gênero contemporâneas, estética e teoria crítica. Os autores estudados pertencem à tradição da teoria crítica, com realce às preocupações de ordem estética, ética e política

MULHERES NA FILOSOFIA

UFMS

A proposta de um projeto de extensão acerca do tema 'Mulheres na Filosofia' visa, antes do mais, colmatar uma lacuna grave na forma como os cursos de Filosofia (de graduação e pós-graduação) estão estruturados.

LABORATÓRIO ANTÍGONA DE FILOSOFIA E GÊNERO

UFRJ

Criado em 2015 com o propósito de atender às demandas de pesquisa sobre as conexões entre sexo, gênero, política, imagem, identidade e subjetividade, que se mantêm como subtextos no universo das pesquisas filosóficas.

CONHECIMENTO, GÊNERO E SUBJETIVIDADE A PARTIR DA FILOSOFIA FRANCESA NO SÉC. XX

UNIFESP

Seguindo a trilha epistemológica e conceitual aberta pela filosofia existencialista de Simone de Beauvoir, a pesquisa visa as relações intrinsecamente estabelecidas entre a constituição de uma subjetividade e a de um gênero.

SABERES ANCESTRAIS FEMININOS NA FILOSOFIA AFRICANA

UFC

Realiza estudos teóricos e práticos (por meio de vivências em espaços diversos) em torno da filosofia africana mediada pelos saberes ancestrais femininos. Dialoga com as filosofias da ancestralidade e do encantamento, refletindo currículos e metodologias afrorreferenciadas. O projeto encontra-se implicado em práticas teóricas e intervenções pedagógicas afrorreferenciadas tecidas pelos femininos.

A SUB-REPRESENTATIVIDADE DAS MULHERES DO CAMPO POLÍTICO NA PERSPECTIVA DE BOURDIEU

UFPA

A pesquisa tem como finalidade estudar como as mulheres participam do cenário político brasileiro, para compreender a sua sub-representatividade, ao ocuparem uma posição social vulnerabilizada, carecendo de voz política.

PSICANÁLISE E FEMINISMO: QUESTÕES RECÍPROCAS

UFLA

 A pesquisa pretende discutir criticamente, a partir de uma perspectiva feminista, tanto o potencial emancipatório quanto os compromissos da teoria psicanalítica com pressupostos patriarcais.

A FILOSOFIA FEMINISTA E SUAS ESPECIFICIDADES

UFSC

O projeto visa levar aos programas de Filosofia um minicurso que apresente a Filosofia Feminista, suas origens, algumas das suas principais ferramentas teóricas, seu método de trabalho e uma parte dos temas que a perpassam atualmente

SOBRE A LINGUAGEM DO FEMININO

UFRJ / FAPERJ

Em 2001, o filósofo francês Georges Didi-Huberman cunhou o conceito de imagem não-toda. Sua referência é a mulher não-toda, de Lacan. Nesse projeto, pesquiso o não-todo como categoria para compreender as imagens na arte contemporânea, a compreendendo como campo no qual um pensamento do feminino alcança um sentido ético basilar.

MULHERES, NATUREZAS, MONSTRUOSIDADES

UFPR

Este projeto dedica-se ao estudo de epistemologias feministas, com foco no modo como essas fazem vacilar a categoria universal de mulher, dando lugar assim à possibilidade do sujeito do feminismo como um monstro constituído por misturas impuras de diferentes naturezas.

DAS DEUSAS

UFPE

Pensar filosoficamente as deusas é um modo de tentar resgatar as mulheres para a filosofia.O projeto busca ampliar o escopo de pesquisa, abarcando figuras míticas das mais diversas tradições, num esforço descolonizador.

SIMONEWEIL.COM.BR

UFMG

Site dedicado à divulgação do pensamento de Simone Weil.