Conheça o Ciclo da Violência - Minicurso Violência Doméstica no Brasil



Atenção! Fiquem atentas. Conheçam o ciclo da Violência!


FASE 1

AUMENTO DA TENSÃO: o agressor mostra-se tenso e irritado por coisas insignificantes, chegando a ter acessos de raiva. Humilhações e ameaças.

A mulher tenta acalmar o agressor, fica aflita e evita qualquer conduta que possa “provocá-lo”. As sensações são muitas: tristeza, angústia, ansiedade, medo e desilusão são apenas algumas.

Em geral, a vítima tende a negar que isso está acontecendo com ela, esconde os fatos das demais pessoas e, muitas vezes, acha que fez algo de errado para justificar o comportamento violento do agressor


FASE 2

ATO DE VIOLÊNCIA: explosão do agressor. Falta de controle chega ao limite e leva ao ato violento. Violência verbal, física, psicológica, moral ou patrimonial.

Aqui, a mulher sofre de uma tensão psicológica severa (insônia, perda de peso, fadiga constante, ansiedade) e sente medo, ódio, solidão, pena de si mesma, vergonha, confusão e dor.


Nesse momento, ela também pode tomar decisões − as mais comuns são: buscar ajuda, denunciar, esconder-se na casa de amigos e parentes, pedir a separação ou até mesmo suicídio.


FASE 3

ARREPENDIMENTO: arrependimento do agressor, que se torna amável para conseguir a reconciliação.

Como há a demonstração de remorso, ela se sente responsável por ele, o que estreita a relação de dependência entre vítima e agressor. Um misto de medo, confusão, culpa e ilusão fazem parte dos sentimentos da mulher.


Por fim, a tensão volta e, com ela, as agressões da Fase 1.

Ligue 180! Denuncie.

Referência: instituto Maria da penha


Para saber mais sobre esse assunto, inscreva-se no minicurso Violência Doméstica no Brasil, com a professora Drica Madeira:

https://www.aspensadoras.com.br/cursos/violencia-domestica-no-brasil


#violênciadomestica#180#mulheres#violencia#direito


#Paratodosverem: imagem de fundo laranja, ao centro, quatro setas fazem um círculo ao redor de uma fotografia, de um mulher com a palma da mão apontada para frente, em sua mão é marcado um X , uma forma de denunciar a violência doméstica, um pedido de socorro. As próximas imagens são também de fundo laranja com as informações apontadas na legenda sobre o ciclo da violência.

29 visualizações

Posts recentes

Ver tudo