Marie de Gournay

ANPOF 8M - CONHEÇA FILÓSOFAS




Esta filósofa francesa, ensaísta e escritora,vivendo às custas de seu próprio trabalho intelectual, esforçou-se por pensar simultaneamente em igualdade e alteridade, ao mesmo tempo em que comprometeu-se em constituir e perpetuar uma memória das mulheres, denunciando um humanismo que ignora metade da humanidade. Sua extensa obra aborda igualmente, no entanto, uma grande variedade de temas, da relação entre filosofia e literatura a questões morais e políticas.


“Se as mulheres chegam menos frequentemente que os homens aos mais altos graus de excelência; é surpreendente que a falta de uma boa educação ou mesmo a reunião de uma educação rígida e religiosa, não tenha um resultado pior, impedindo-as de chegar. Se é preciso provar: acontece haver muito mais diferenças entre elas e os homens, quedelas entre elas: dependendo da educação que receberam, de acordo com terem sido educadas em cidades ou vilarejos, ou de acordo com as Nações às quais pertencem?" (Marie Le Jars de Gournay. L'Egalité des hommes et des femmes, p. 52-53.)


Por Ilze Zirbel (UFSC), uma contribuição do projeto de extensão Uma Filósofa Por Mês


#Anpof8M #conheçafilósofas #umafilosofapormes

0 visualização

Quer divulgar uma notícia sobre mulheres e filosofia? Escreva para noticias.filosofas@gmail.com

Dúvidas? Escreva para filosofas.brasil@gmail.com

©2019 por Rede Brasileira de Mulheres Filósofas