top of page

Quantas Filósofas: Verbete Marguerite Porete, por Raul Flores da Fonseca (UFRJ)


Marguerite Porete, Marguerite de Hainaut, ou Marguerite de Hannonia, nasceu na segunda metade do século XIII, provavelmente oriunda do condado de Hainaut, província no atual território da Bélgica, e falecida em 01/06/1310, em Paris, França. Não há notícia histórica de seus laços familiares e afetivos, mas teria sido francófona, pertencente à classe social simples em devoção, apesar de erudita, com atividade voltada à caridade e cuidados dos doentes e dos pobres. Foi vista como uma livre pensadora do misticismo cristão, sendo considerada como a líder das Beguinas. Relaciona-se às posições de Meister Eckhart, foi influenciada por Santo Agostinho, Boécio, Ricardo de São Vítor, Jean de Meun, William de São Thierry e Bernardo de Clairvaux, assim como influenciou a Heresia do Espírito Livre.


Sobre a vida de Marguerite Porete, apresentam-se informações históricas muito imprecisas, e baseadas em estimativas. O meio de reconstrução de sua identidade começa a partir de seu processo de Inquisição, que indica os pontos principais de seus últimos episódios em vida. Especula-se que viveu durante a metade do século XIII e início do século XIV, vivendo no Condado de Hainaut, provável Valenciennes, fronteira entre França e Bélgica, às margens do rio Reno, na época pertencente aos domínios do Sacro Império Romano. Estima-se seu ano de nascimento em 1250. Os registros de seu processo inquisitorial indicam sua execução na fogueira em 01/06/1310, em Paris, na Praça de Grève, atualmente praça de l'Hôtel-de-Ville, histórico local de execuções e suplícios públicos.


O projeto de extensão Quantas Filósofas? incentiva graduandos a publicar verbetes introdutórios sobre a vida e a obra de filósofas, de modo a resgatar suas contribuições para a história da filosofia.


Leia o verbete completo no link: https://www.filosofas.org/quantas-marguerite-porete







21 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page